Título de Eleitor

Fórum Eleitoral
Av. Duque de Caxias, 689 - Centro Cívico
(43) 3372-3000


 Como tirar

          O Título de Eleitor é opcional a partir dos 16 anos e essencial para os que possuem mais de 18 anos, pois a partir dessa idade o voto é obrigatório.
          
Veja como é fácil tirar o seu título de eleitor e exercer seus direitos e deveres como cidadão:

  • Junte os seguintes documentos: certidão de nascimento ou carteira de identidade e um comprovante de residência.
  • Leve esses documentos ao cartório eleitoral que abrange sua nova residência.
  • Não será necessário o pagamento de nenhuma taxa pelo serviço.

Como transferir

          Quando as pessoas trocam definitivamente de cidade ou Estado, precisam transferir o título de eleitor para seu novo domicílio para poderem votar em seus representantes.
          Passo a passo como proceder:
            1. Vá até o cartório eleitoral que abrange sua nova residência;
            2. Leve os seguintes documentos: título eleitoral, RG original, comprovante do novo endereço (conta de telefone, luz, água, extrato bancário etc) e comprovantes de votação das eleições anteriores. Espere pela emissão do novo título;
            3. Em ano de eleições, a transferência do título só pode ser feita até o prazo que antecede em 150 dias as eleições;
            4. Caso você tenha perdido os comprovantes de votação, solicite uma Certidão de Quitação Eleitoral no seu cartório.

2ª Via

           Para tirar segunda via em caso de perda ou extravio: o eleitor deve se encaminhar ao Juiz do seu domicílio eleitoral, até uma certa data antes da eleição (informe-se antes). O pedido deve ser feito pessoalmente. Se a primeira via do título estiver rasgada ou inutilizada, o eleitor deve anexá-la ao requerimento.
          Se o eleitor não estiver em seu domicílio eleitoral, poderá pedir a segunda via ao Juiz da Zona em que se encontrar, esclarecendo se vai recebê-la na sua Zona ou naquela em que pediu a segunda via.

Mas atenção:

Só será expedida segunda via do título ao eleitor que estiver em dia com a Justiça Eleitoral ou senão terá que pagar multas para regularizar a sua situação. O documento poderá ser entregue ao eleitor até a véspera da eleição.