Atenção. Seu browser não suporta JavaScript!
Acompanhe ao Vivo
Cidadania Web Mail Intranet

Notícias

19/05/2020 - 17:20:00

Superintendente do HU presta esclarecimentos sobre Hospital de Retaguarda para a Covid-19

email
1
Cerca de um mês após a Câmara Municipal de Londrina aprovar o repasse de R$ 20 milhões do fundo do Legislativo para a Prefeitura utilizar no enfrentamento ao novo coronavírus, a diretora-superintendente do Hospital Universitário (HU), Vivian Feijó, falou sobre o uso de parte do dinheiro para a implantação de um "hospital de campanha" destinado a pacientes com covid-19. Feijó participou da sessão ordinária remota desta terça-feira (19) a convite da Mesa Executiva. Segundo ela, o HU recebeu até o momento R$ 3,2 milhões de suplementação do Município para o enfrentamento da pandemia, no dia 23 de abril. "Felizmente estamos conseguindo comprar muitos itens para o hospital. Compramos, por exemplo, 50 camas hospitalares. Mas há um grande conjunto de arsenal médico necessário", exemplificou a superintendente, ao explicar os encaminhamentos já feitos para viabilizar o hospital.


O objetivo é que a unidade ofereça 120 leitos, na ala que havia sido construída para ser a Maternidade do HU e no espaço de ampliação do Pronto-Socorro. De acordo com Vivian Feijó, até o momento foram destinados R$ 3,5 milhões em investimentos para o hospital, que ficará como um legado para a cidade após a pandemia. "Utilizamos a expressão Hospital de Retaguarda, porque hospital de campanha é algo que montamos e depois desmontamos. O nosso entendimento é que a estrutura não vai ser desmontada", disse. A superintendente informou que, no início da pandemia, o HU contava com 297 leitos, 41 deles de UTI. Após o hospital ser escolhido pela Secretaria Estadual de Saúde para atuar como referência no atendimento de casos de covid-19, no início de fevereiro, houve uma ampliação para 327 leitos, 79 deles de UTI. Com a implantação do Hospital de Retaguarda, o total de leitos chegará a 447.

Repasse – No dia 15 de abril, a Câmara aprovou em última discussão o projeto de lei (PL) da Mesa Executiva nº 49/2020, que repassa R$ 20 milhões do fundo especial de reforma do prédio do Legislativo para a Prefeitura utilizar no combate à covid-19. Por meio de um requerimento enviado à Prefeitura, a Câmara solicitou que, do total repassado, R$ 5 milhões fossem destinados ao HU, com o objetivo de auxiliar na implantação do Hospital de Retaguarda para a Covid-19. "Aguardamos que um esforço seja feito para o repasse do valor restante, de R$ 1,8 milhão. Vamos deixar esse legado para a cidade de Londrina por décadas", ressaltou durante a sessão o vereador Eduardo Tominaga (DEM).


Para o vereador Vilson Bittencourt (PSB), embora a instalação do Hospital de Retaguarda demore mais do que o que a população gostaria, é preciso entender que os procedimentos demandam tempo. "A gente sabe da demora de licitações, mesmo com a possibilidade das mais diversas abreviações de prazos", destacou.


CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA ASCOM JORNALISMO Funcionamento: 13h às 19h. E-mail: imprensa@cml.pr.gov.br Redação Marcela Campos MTB 6229 PR Fotografia DP Torrecillas Fotojornalismo

Galeria de Imagens

Enviar Notícia

Brasão da Câmara Municipal de Londrina
CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA
Rua Gov. Parigot de Souza, 145
Caiçaras Londrina / PR - 86015-903
PABX
(43) 3374-1300