Atenção. Seu browser não suporta JavaScript!
Acompanhe ao Vivo
Boletins Web Mail Intranet

Notícias

17/03/2020 - 17:45:00

Coronavírus: Prefeito e representantes da Educação explicam ações de prevenção aos vereadores

email
1
A Câmara Municipal de Londrina realizou na tarde desta terça-feira (17) a primeira sessão ordinária após as medidas de prevenção ao coronavírus tomadas pela Mesa Executiva, suspendendo solenidades e outros eventos, e mantendo apenas as sessões ordinárias, porém com restrição de público e de servidores em plenário. A decisão também facultou a presença, sem lançamento de falta, a servidores e vereadores que se enquadrem em grupos de risco da covid-19, como idosos e gestantes ou que tenham retornado do exterior recentemente. Leia a reportagem.

O vereador João Martins (PSL), por ser idoso, comunicou em plenário que não vai comparecer às sessões ordinárias, pro precaução. "Mesmo sendo facultativo e mesmo eu sendo o presidente da Comissão de Seguridade Social, eu primo pela saúde não só minha, como coletiva. Tendo em vista essas recomendações eu não vou fazer parte das sessões e de outros eventos que tenham nesta Casa enquanto não voltar à normalidade", justifica.

A convite do presidente da Câmara de Londrina, vereador Ailton Nantes (PP), o prefeito Marcelo Belinati (PP) participou da sessão e explicou as medidas tomadas pelo Município para evitar a proliferação da covid-19, como a criação de um grupo de trabalho com médicos especialistas em infectologia, pneumologia, saúde pública, além de representantes de hospitais e de outros profissionais. "Londrina está num estágio inicial, são quatro estágios da doença, sendo o último quando há contaminação comunitária, quando não há mais controle da doença", afirma.

Londrina não tem casos confirmados de coronavírus e 11 pacientes aguardam o resultado de exames. Segundo o prefeito, a cidade está em um estágio inicial da doença, mas afirmou que é uma questão de tempo para que casos de covid-19 sejam confirmados. "Decidimos antecipar as ações, como foi feito de maneira bem sucedida em outros países. Já os países que optaram por deixar para depois, tiveram picos da doença. Importante deixar claro que o objetivo é achatar a curva de contágio. O que é isso? Se as pessoas forem pegando, vão pegar gradativamente ao longo do tempo. A vantagem é que não vai sobrecarregar a estrutura pública de saúde, como está acontecendo na Itália", argumenta.

Ainda no período da sessão ordinária, a convite do vereador Amauri Cardoso (PSDB), representantes do setor de Educação do município apresentaram aos parlamentares como as escolas públicas e particulares de Londrina estão lidando com a pandemia do coronavírus. Mariângela Bianchini, assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, explicou que as aulas na rede de ensino municipal estarão suspensas a partir da próxima segunda feira (23) e que ainda será definida se a merenda será oferecida aos alunos em situação de vulnerabilidade social. "Estamos discutindo a situação acerca da merenda de alunos de baixa renda e em situações emergenciais. A ideia é atender as crianças da periferia. Nas escolas que já servem a merenda principal [o almoço], a preocupação é muito grande, porque a maioria dessas famílias não tem renda suficiente e depende da alimentação da escola", pondera.

Jorge Antônio de Andrade, diretor do Sindicato das Escolas Particulares de Londrina (Sinpro), afirmou que o momento é de cautela. "Estamos preocupados, não só com a integridade física dos alunos, educadores, trabalhadores, como também com a questão econômica que trará o coronavírus. Estamos atentos e vamos cumprir as determinações legais que se façam necessárias", garante.

O vereador Amauri Cardoso argumenta que é preciso levar em conta a saúde dos profissionais que vão atuar no período de atividades restritas. "A gente precisa fazer uma campanha de conscientização para os patrões para que não dispensem seus funcionários, porque vai se criar uma crise. É preciso proteger nossos servidores e os profissionais. É pra ficar dentro de casa e não exposto à contaminação", argumenta.

CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA ASCOM JORNALISMO Funcionamento: 13h às 19h. Fones: (43) 3374-1326 e 3374-1327 Redação Vinicius Frigeri MTB 7.792PR Fotografia DP Torrecillas Fotojornalismo

Galeria de Imagens

Enviar Notícia

Brasão da Câmara Municipal de Londrina
CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA
Rua Gov. Parigot de Souza, 145
Caiçaras Londrina / PR - 86015-903
PABX
(43) 3374-1300